segunda-feira, 22 de maio de 2017

Cancelamento de aula aberta


Atenção - por motivos de força maior, a aula aberta prevista para amanhã a noite (23 de maio) com o prof. Martin Dreher está cancelada.
As demais atividades do II Colóquio do GTHRR/RS permanecem como previsto: 09:00 // Abertura
9:15 // Debate do documentário: "Terra Cabocla" (2015) 
Debatedor: Prof. Dr. Alexandre Karsburg (UNISINOS) 
14:00 // Sessão de comunicações coordenadas
Socializando e discutindo projetos de pesquisas do GT
Confira tudo sobre o evento em https://gthistoriareligioes.wixsite.com/gthrr/programacao

quarta-feira, 17 de maio de 2017

Ainda dá tempo de inscrever-se no V Simpósio do GTHRR/Regional Sul

O V Simpósio do Grupo de Trabalho de História das Religiões e das Religiosidades-Regional Sul, que acontecerá entre 24 e 27 de maio na Universidade de Passo Fundo (UPF), apresentou um balanço parcial das inscrições para apresentação de trabalhos. No total, 115 propostas foram inscritas e serão apresentadas em 11 simpósios temáticos coordenados por pesquisadores dos três estados do sul do país. 
O evento é organizado pela equipe do Laboratório de Estudos das Crenças (LEC), vinculado ao Programa de Pós-Graduação em História (PPGH) da UPF. Além das apresentações, outras atividades mobilizarão os inscritos nos dias de evento. As inscrições para participação como ouvinte e participante de oficinas seguem abertas até 23 de maio, pelo site upf.br, no link Agenda de Eventos. 
Conferências
O V Simpósio do GT-Regional Sul trará grandes nomes da pesquisa em religiões, que ministrarão as conferências, e contará com espaços em que o tema geral do evento será pontualmente abordado. No dia 24 de maio, o professor Dr. Reginaldo Prandi é o convidado especial para a conferência de abertura, intitulada "Transe, ritual e mito nas religiões afro-brasileiras". No dia 25, o tema será "Transe e possessão: pensando os discursos intelectuais acerca das religiões afro-brasileiras”, ministrada pela Dra. Vanda Fortuna Serafim (UEM). Já o encerramento será feito pela Dra. Miriam Cristina Marcilio Rabelo (UFBA), que abordará "Possessão como prática: notas sobre o candomblé e o pentecostalismo". Todas as conferências serão realizadas no auditório do LCI.
Oficinas
Além das conferências, o evento conta também com cinco oficinas temáticas abertas a quaisquer interessados que realizarem sua inscrição, com investimento de R$ 10,00. As oficinas serão realizadas nas manhãs de 24 a 26 de maio, das 8h às 10h, totalizando 6 horas de atividades.
As oficinas ofertadas são: O uso de fotografias para análise histórica da religiosidade no Sul do Brasil nos séculos XIX e XX; A arte pictórica, a música e o artesanato como fontes de pesquisa em espaços públicos e privados: entre o sacro e o profano, novas perspectivas de estudo e análise; A possessão e o descarrego na Igreja Universal e as fronteiras com o candomblé; Processos e decisões judiciais: usos e armadilhas em pesquisas históricas; e Fazendo história com relatos de viagem. 
Mesas redondas
As mesas redondas programadas para o evento serão realizadas nas manhãs de 24 a 26 de maio, a partir das 10h15min, no auditório do CET. Os temas das mesas serão "Religiões e religiosidades em perspectiva histórica", "A religião é uma festa: fronteiras tênues entre sagrado e profano" e "As religiões e as religiosidades no ensino".
Além desses debates, na manhã de 25 de maio será promovida a mesa de debates "Diálogo Inter-religioso", realizado pela equipe do CONER - Seccional Passo Fundo, atividade vinculada ao Seminário de Atualização Pedagógica para Professores da Educação Básica (Semape).
Atividades culturais
O Simpósio também está vinculado à proposta de mobilização cultural acerca do tema. Por isso, além de lançamento de livros, passeios culturais e históricos, será promovido o debate "Cavalo de Santo: bate papo sobre transe, êxtase e possessão nas religiões afro-brasileiras", com o Babalorixá Pai Bady, a Ialorixá Mãe Carmem, o Babalorixá Pai Bira e o Babalorixá Pai Duda. A mediação será de Fred Santos, Chaline de Souza e Jeferson Sabino Candaten. A atividade acontece no dia 25 de maio, no auditório do LCI, a partir das 17h40min. 
Informações
Outras informações podem ser obtidas no site do evento http://vsimposiogtsul.wixsite.com/vsimposiogtsul ou pelo e-mail vsimposiogtsul@gmail.com.
Inscrições
Inscrições para público ouvinte (R$ 20,00 - https://secure.upf.br/eventos/eventos/147) e para participante de oficinas (R$ 10,00 - https://secure.upf.br/eventos/eventos/148).

Reforma Protestante é tema de aula aberta na UPF

Palestra é promovida pelo Instituto de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade de Passo Fundo
A Universidade de Passo Fundo (UPF) promove, por meio do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH), do curso de História, do Programa Pós-graduação em História e do Grupo de Trabalho de História das Religiões das Religiosidades/RF, uma aula aberta sobre “Os 500 anos da Reforma Protestante”. O palestrante convidado será o professor Martin N. Dreher (Unisinos). A atividade acontece a partir das 19h30min no auditório do CET no Campus I da UPF. O evento é aberto a toda a comunidade acadêmica.
A Reforma Protestante está completando 500 anos em 2017, quando Martinho Lutero rompeu com a Igreja Católica, provocando profundas transformações na sociedade e criando milhares de igrejas evangélicas reformadas.
A palestra sobre os 500 anos da Reforma Protestante integra a programação do II Colóquio do GT de História das Religiões e das Religiosidades (Anpuh-RS), que será realizado durante todo o dia 23 de maio.
Integra também a programação do evento o lançamento do livro "A Religião de Jacobina" (Ed. Oikos) de Martin N. Dreher, que ocorrerá às 18h no dia 23 de maio, no hall de entrada do IFCH.
Mais informações e inscrições para o colóquio através do site https://gthistoriareligioes.wixsite.com/gthrr
O palestrante
O professor Martin N. Dreher é graduado em Teologia pela Escola Superior de Teologia, São Leopoldo. Possui doutora em História da Igreja em Ludwig-Maximilians-Universität München (1975), Alemanha, com a tese Igreja e Germanidade: Estudo crítico da história da Igreja Evangélica de Confissão Luterana no Brasil (1975).
A temática da tese determinou suas pesquisas futuras, suas conferências e publicações, mormente dedicadas à História da Igreja e à História da Colonização e Imigração na América Latina. Dedicou-se também ao estudo da Reforma Religiosa do século XVI e à publicação de fontes para o estudo do período. De 1978 a 1994 foi professor de História da Igreja e História do Dogma na atual Faculdades EST e de 1995 a 2011 na Unisinos - Universidade do Vale do Rio dos Sinos, em São Leopoldo, RS, nos cursos de graduação e pós-graduação em História.
Dreher está aposentado desde 2011 e é membro de diversas associações científicas e vem se dedicando à produção textual relacionada com História da Igreja e da Imigração e Colonização na América Latina.

UPF participa da I Semana Nacional de Arquivos


Atividades de visitação guiada, oficinas e mesa de debates relacionadas à importância de acervos como fonte de pesquisa e produção de conhecimento serão realizadas de 5 a 10 de junho
Por iniciativa do Arquivo Nacional, pela primeira vez será realizada a I Semana Nacional de Arquivos. O Arquivo Histórico Regional de Passo Fundo (AHR) - vinculado à Vice-Reitoria de Extensão e Assuntos Comunitários (Vreac) e ao Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH) da Universidade de Passo Fundo (UPF) - juntamente com o parceiro Instituto Histórico de Passo Fundo (IHPF), integrará a programação oferecendo atividades de visitação guiada, oficinas e mesa de debates relacionadas à importância de acervos como fonte de pesquisa e produção de conhecimento, bem como de resguardo do patrimônio documental da cidade e região. A semana será realizada de 5 a 10 de junho e já está com as inscrições abertas, nas suas diversas modalidades.

Visitas guiadas
Voltada para grupos de até 60 pessoas, as visitas guiadas foram projetadas especialmente para atender a grupos de estudantes dos anos finais do ensino fundamental, ensino médio, graduação e pós-graduação em todas as áreas. Na visita, serão apresentados o AHR e o IHPF e seu trabalho de conservação de fundos documentais, acervos sob guarda das instituições e informações sobre restauro e conservação. A inscrição é feita pelo responsável pelo grupo em formulário disponível em www.ahr.upf.br.
Oficina de higienização e conservação de documentos
Na oficina de higienização e conservação de documentos, a equipe AHR apresentará informações sobre técnicas de higienização e conservação de documentos articulando a parte teórica à parte prática, com a realização de procedimentos pelos participantes. A oficina terá até oito participantes por turno. As inscrições são realizadas por formulário próprio, enviado pelos interessados, e disponível em www.ahr.upf.br.

Mesa de debates
Uma mesa de debates também integrará a programação. Com o tema “Os arquivos e a produção do conhecimento sobre história local”, a atividade reunirá pesquisadores que trabalharam com acervos locais e produziram, a partir deles, conhecimento sobre a história da cidade e região. A mesa de debates não demanda inscrições e é aberta aos interessados, bem como a estudantes dos últimos anos do ensino fundamental, ensino médio, superior e pós-graduação. A atividade acontecerá no dia 9 de junho, na Academia Passo-Fundense de Letras, a partir das 9h.
Informações em ahr@upf.br e (54) 3316-8516.

sexta-feira, 5 de maio de 2017

1922: Instalado primeiro rádio em um carro

No dia 5 de maio de 1922, pela primeira vez um automóvel – um Ford modelo T – foi equipado com um rádio. O que a princípio parecia excêntrico, em cinco anos tornou-se produção em série.
Autoradio (picture-alliance/dpa/ M. Brandt)
Hoje em dia rádios são digitais e têm conexão por satélite
Duas importantes invenções do mundo moderno aconteceram quase simultaneamente. O automóvel existia há algumas décadas, e Henry Ford havia começado sua produção em série no começo do século.
A técnica do rádio, no entanto, ainda estava sendo desenvolvida quando, em 1922, George Frost sentou-se confortavelmente em seu modelo T, deu a partida e ligou o rádio. Um gesto que entrou para a história.
Hoje mal se pode imaginar um carro sem rádio. O jovem estudante de 18 anos e presidente de um radioclube pode, entretanto, não ter sido o primeiro na invenção, como conta um porta-voz da Ford em Colônia: "Como nesta época houve várias pessoas que adaptaram um receptor no carro, é difícil dizer quem foi o primeiro, mas oficialmente Frost é considerado seu inventor".
Dos gigantescos aos removíveis
Nos seus primórdios, o rádio nos veículos ocupava tanto espaço que, se o automóvel tivesse dois bancos, o de trás seria tomado pelo aparelho e sua antena.
Hoje, os modelos são cada vez mais compactos e versáteis. Além de música e informação, os mais avançados já oferecem sistema de navegação, telefone e internet – avanços que tornam o autorrádio um objeto cada vez mais cobiçado pelos ladrões.
Mas também esse problema foi resolvido pela indústria, com equipamentos de rádio cada vez menores e de painel removível. Um conforto, desde que não seja esquecido em casa.
  • Autoria Dirk Ulrich Kaufmann (rw)
  • Link permanente http://p.dw.com/p/290g

quinta-feira, 4 de maio de 2017

Vestibular de Inverno História UPF/2017

OFICINA: PENSANDO MEU PROJETO DE PESQUISA

Com o intuito de ajudar os estudantes em suas atividades de pesquisa, estamos oferecendo oficinas para a construção e formatação de projetos de pesquisa. Sob o título PENSANDO MEU PROJETO DE PESQUISA nossa proposta visa promover uma reflexão sobre a importância e a necessidade de elaboração de um bom projeto de pesquisa em nível de graduação. Nosso primeiro encontro será no dia 06/05, sábado de manhã, das 9 às 11 horas, na sala 236 do Instituto de Filosofia e Ciências Humanas (IFCH).
Neste encontro trabalharemos os seguintes temas: a) a importância da pesquisa em nível acadêmico; b) estrutura e construção do projeto de pesquisa; c) normas da ABNT.
A atividade será desenvolvida pelos alunos apoiadores do Setor de Atenção ao Estudante (SAES), sob a supervisão do professor apoiador Andrei Luiz Lodéa.
As inscrições deverão serem feitas no Setor de Atenção ao Estudante até o dia 04/05. Serão disponibilizadas 25 vagas.
Traga suas dúvidas e venha apreender com a gente. Esperamos vocês!!