sábado, 31 de dezembro de 2016

1899: O fim do século 19


A 30 de dezembro de 1899, aproximava-se o fim do século 19. O que aconteceu naquele dia?
O clima de fim século em 1899 deve ter sido semelhante ao de 1999. Naquela época, as pessoas estavam refletindo sobre as realizações dos cem anos precedentes. No campo da ciência, por exemplo, um êxito incontestável foi a comprovação, por John Dalton, em 1808, de que a matéria é constituída de átomos. Outro foi a demonstração, por James Prescott Joule, em 1851, de que a energia realmente se conserva, e a suposição anterior do físico francês Sadi Carnot de que a eficiência com que uma forma de energia pode ser convertida em outra é intrinsecamente limitada. Em conjunto, esses avanços resultaram na chamada termodinâmica e levaram à conclusão de que a maioria das leis fundamentais da natureza integram um "vetor tempo".
Manchetes alemãs
Os jornais alemães, porém, ocupavam-se prioritariamente com fatos da atualidade, em suas edições de 30 de dezembro de 1899. O Kölner Tageblatt, por exemplo, noticiava: "De Londres informa-se que o departamento de guerra recebeu notícias muito sérias da África do Sul. A revolta dos africanos (nativos negros) já estaria se estendendo até 50 milhas da Cidade do Cabo. Os ingleses teriam conseguido afugentar patrulhas dos bôeres (descendentes de holandeses) ao longo da cadeia de montanhas rumo ao oeste. Houve troca de tiros. Os bôeres receberam reforços. Os ingleses voltaram à sua base sem baixas".
O jornal Kölner Tageblatt informava também que a família imperial alemã estaria em Berlim, de 30 de dezembro de 1899 até 3 de janeiro de 1900, para preparar sua mudança definitiva para a capital. Além disso, destacava um discurso do imperador austríaco Francisco José, gravado por meio de fonógrafo, durante um jantar oferecido à família real da Sérvia em Viena. "É uma satisfação acompanhar os progressos feitos pela integração entre ciência e técnica, nas últimas décadas. Assim, as mensagens telegráficas impressas foram complementadas pelos sinais audíveis do telefone e, agora, com o fonógrafo, as palavras faladas podem ser gravadas e ouvidas, muitos anos mais tarde, por gerações posteriores", disse Francisco José.
Em seu noticiário econômico, o Kölnische Zeitung informava que "os pesos de Buenos Aires aumentaram sua cotação no mercado financeiro, por serem bastante procurados". Uma notícia que, diante das crises mais recentes na Argentina, torna-se ainda mais incrível.
AP

A guerra dos bôeres na África do Sul foi destaque dos jornais alemães em dezembro de 1899
E, por falar em Argentina, a 24 de agosto de 1899 nasceu em Buenos Aires o escritor Jorge Luis Borges, que conquistou fama internacional abordando os mistérios da existência humana a partir das religiões, mitologias e filosofias mundiais. No mesmo ano, no Brasil, foi publicado Dom Casmurro, em que Machado de Assis passou a desenvolver a sua prosa realista e a compor complexos retratos psicológicos.
Manchetes brasileiras
Uma visita aos arquivos de jornais brasileiros revela outras curiosidades da virada do século 19 para o século 20, inclusive algumas mudanças que o português escrito sofreu desde aquele tempo: "Agora então, mais do que nunca, que o Brasil, paiz immenso e cheio de recursos naturaes, offerece a anomalia de uma crise economica profunda, devida exclusivamente aos desvarios da política, devemos todos nos acercar da Patria, num grande esforço collectivo, amparando-a contra os ataques do partidarismo desenfreado que a exhaure nas fontes mais preciosas", reproduziu o Estado de S. Paulo do vespertino O Jornal.
Em 1899, uma crise cambial assaltou o Brasil. O governo foi obrigado a incinerar pilhas de dinheiro o ano todo. Reclamava-se da interferência dos banqueiros estrangeiros, naquele tempo londrinos. Era um tempo em que se vendiam "fotografias da voz". O Viagra da época era o famoso Vinho Caramuru. O Acre ainda era disputado por brasileiros e bolivianos. O Pará entusiasmava-se com as comemorações dos 400 anos de descobrimento do Brasil, que há dez anos era uma república sem escravos. Já se falava da transferência da capital do país para o Planalto Central, "para promover o desenvolvimento do vasto território brasileiro". E os inevitáveis artigos prevendo o fim do mundo ocupavam páginas e páginas dos jornais.
Na realidade, porém, "a conclusão numérica do século em nada parecia um fim de mundo. Muito pelo contrário, levava a marca característica de um acontecimento passageiro", como escreveu o Stadtanzeiger der Kölnischen Zeitung, diário alemão da cidade de Colônia, em 30 de dezembro de 1899.

sexta-feira, 30 de dezembro de 2016

UPF promove o V Simpósio do GT de História das Religiões e das Religiosidades - Regional Sul


O Grupo de Trabalho de História das Religiões e das Religiosidades (GTHRR) da ANPUH – Núcleos Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná -, convidam estudantes, professores, pesquisadores e os demais interessados pela temática das crenças para participarem do V Simpósio do Grupo de Trabalho de História das Religiões e das Religiosidades – Regional Sul, que acontecerá no Campus da Universidade de Passo Fundo (UPF) entre 24 e 27 de maio de 2017. 
O simpósio tem como objetivos promover discussões e compartilhar experiências entre profissionais e estudantes que se dediquem a compreensão da conformação social e cultural das sociedades, em especial, pelos estudos dedicados às crenças e suas variações, riquezas e potencialidades analíticas. Também visa instrumentalizar e estimular estudantes e professores de todos os níveis a reflexão-ação em prol do respeito às diferenças e a compreensão das diversidades como potencialidades formativas.

1899: O fim do século 19

A 30 de dezembro de 1899, aproximava-se o fim do século 19. O que aconteceu naquele dia?
default
A guerra dos bôeres na África do Sul foi destaque dos jornais alemães em dezembro de 1899
O clima de fim século em 1899 deve ter sido semelhante ao de 1999. Naquela época, as pessoas estavam refletindo sobre as realizações dos cem anos precedentes. No campo da ciência, por exemplo, um êxito incontestável foi a comprovação, por John Dalton, em 1808, de que a matéria é constituída de átomos. Outro foi a demonstração, por James Prescott Joule, em 1851, de que a energia realmente se conserva, e a suposição anterior do físico francês Sadi Carnot de que a eficiência com que uma forma de energia pode ser convertida em outra é intrinsecamente limitada. Em conjunto, esses avanços resultaram na chamada termodinâmica e levaram à conclusão de que a maioria das leis fundamentais da natureza integram um "vetor tempo".
Manchetes alemãs
Os jornais alemães, porém, ocupavam-se prioritariamente com fatos da atualidade, em suas edições de 30 de dezembro de 1899. O Kölner Tageblatt, por exemplo, noticiava: "De Londres informa-se que o departamento de guerra recebeu notícias muito sérias da África do Sul. A revolta dos africanos (nativos negros) já estaria se estendendo até 50 milhas da Cidade do Cabo. Os ingleses teriam conseguido afugentar patrulhas dos bôeres (descendentes de holandeses) ao longo da cadeia de montanhas rumo ao oeste. Houve troca de tiros. Os bôeres receberam reforços. Os ingleses voltaram à sua base sem baixas".
O jornal Kölner Tageblatt informava também que a família imperial alemã estaria em Berlim, de 30 de dezembro de 1899 até 3 de janeiro de 1900, para preparar sua mudança definitiva para a capital. Além disso, destacava um discurso do imperador austríaco Francisco José, gravado por meio de fonógrafo, durante um jantar oferecido à família real da Sérvia em Viena. "É uma satisfação acompanhar os progressos feitos pela integração entre ciência e técnica, nas últimas décadas. Assim, as mensagens telegráficas impressas foram complementadas pelos sinais audíveis do telefone e, agora, com o fonógrafo, as palavras faladas podem ser gravadas e ouvidas, muitos anos mais tarde, por gerações posteriores", disse Francisco José.
Em seu noticiário econômico, o Kölnische Zeitung informava que "os pesos de Buenos Aires aumentaram sua cotação no mercado financeiro, por serem bastante procurados". Uma notícia que, diante das crises mais recentes na Argentina, torna-se ainda mais incrível.
E, por falar em Argentina, a 24 de agosto de 1899 nasceu em Buenos Aires o escritor Jorge Luis Borges, que conquistou fama internacional abordando os mistérios da existência humana a partir das religiões, mitologias e filosofias mundiais. No mesmo ano, no Brasil, foi publicado Dom Casmurro, em que Machado de Assis passou a desenvolver a sua prosa realista e a compor complexos retratos psicológicos.
Manchetes brasileiras
Uma visita aos arquivos de jornais brasileiros revela outras curiosidades da virada do século 19 para o século 20, inclusive algumas mudanças que o português escrito sofreu desde aquele tempo: "Agora então, mais do que nunca, que o Brasil, paiz immenso e cheio de recursos naturaes, offerece a anomalia de uma crise economica profunda, devida exclusivamente aos desvarios da política, devemos todos nos acercar da Patria, num grande esforço collectivo, amparando-a contra os ataques do partidarismo desenfreado que a exhaure nas fontes mais preciosas", reproduziu o Estado de S. Paulo do vespertino O Jornal.
Em 1899, uma crise cambial assaltou o Brasil. O governo foi obrigado a incinerar pilhas de dinheiro o ano todo. Reclamava-se da interferência dos banqueiros estrangeiros, naquele tempo londrinos. Era um tempo em que se vendiam "fotografias da voz". O Viagra da época era o famoso Vinho Caramuru. O Acre ainda era disputado por brasileiros e bolivianos. O Pará entusiasmava-se com as comemorações dos 400 anos de descobrimento do Brasil, que há dez anos era uma república sem escravos. Já se falava da transferência da capital do país para o Planalto Central, "para promover o desenvolvimento do vasto território brasileiro". E os inevitáveis artigos prevendo o fim do mundo ocupavam páginas e páginas dos jornais.
Na realidade, porém, "a conclusão numérica do século em nada parecia um fim de mundo. Muito pelo contrário, levava a marca característica de um acontecimento passageiro", como escreveu o Stadtanzeiger der Kölnischen Zeitung, diário alemão da cidade de Colônia, em 30 de dezembro de 1899.
  • Autoria Geraldo Hoffmann
  • Link permanente http://dw.com/p/1Ylx

quarta-feira, 28 de dezembro de 2016

1895: Primeira sessão pública de cinema

O dia 28 de dezembro de 1895 é tido como o nascimento do cinema comercial. Com um programa fílmico de 40 minutos, os irmãos franceses Lumière perseguiam a meta que norteia a 7ª arte até nossos dias: maravilhar o público.
default
Auguste e Louis Lumière
A entrada do salão indiano do Grand Café de Paris não estava exatamente apinhada naquele 28 de dezembro de 1895. Não mais de três dúzias de visitantes vieram presenciar o momento histórico da primeira sessão cinematográfica comercial do mundo.
O ingresso custava um franco, o programa previa dez filmes de três a quatro minutos de duração. Os organizadores da apresentação eram os irmãos Auguste e Louis Jean Lumière, filhos do famoso fotógrafo Antoine Lumière, de Lyon.
Hoje, eles são considerados os inventores do cinema, embora antes deles os alemães irmãos Skladanovski, por exemplo, tivessem apresentado um programa no Varieté Wintergarten de Berlim em novembro do mesmo ano.
"Venha ver algo que o deixará maravilhado"
Ao lado dos Lumière, o igualmente francês Georges Méliès conta entre os pioneiros da sétima arte. Mas, enquanto os irmãos rodavam o que hoje se chamaria de documentários, Méliès trouxe a fantasia ao meio. Não é de espantar: ele ganhava a vida como mágico.
Também ele esteve presente àquela legendária projeção em dezembro de 1895. Anos mais tarde, relataria assim seu encontro com Antoine Lumière:
"'Monsieur Méliès, o senhor tem o hábito de maravilhar seu público. Gostaria de vê-lo esta noite no Grand Café.' Por quê?, perguntei. 'O senhor verá algo que o deixará maravilhado.' Primeiro, ele projetou imagens imóveis com seu aparelho, como também fazíamos em nossos números. Eu disse: Nós fazemos isso há 20 anos! Ele deixara as imagens paradas durante um tempo, de propósito. Subitamente, notei que as pessoas se moviam na tela em nossa direção. Ficamos todos completamente perplexos!"
De volta às origens
default
'Como um cruzeiro em rota de colisão'
O novo salto quântico da história do filme ocorreria 30 anos mais tarde, com a introdução da película sonora. A voz do cantor norte-americano Al Jolson foi a primeira a se fazer ouvir no cinema.
Em nossos dias, o cinema atravessou um desenvolvimento meteórico, ultrapassando, em seu efeito sobre o público, o teatro, as artes plásticas e a literatura. Em termos de sugestão de massas e popularidade, apenas os heróis da música popular podem competir com ele.
O que compõe o núcleo aglutinador do cinema, de onde vem o fascínio da sétima arte? O diretor norte-americano Sam Fuller deu uma das mais belas definições do filme em 1965, na película O demônio das 11 horas (Pierrot le fou), de Jean Luc Godard.
  • Autoria Jochen Kürten (av)
  • Link permanente http://dw.com/p/Fmoe

537 - Imperador Justiniano I inaugura a nova basílica de Santa Sofia


Em 23 de fevereiro de 532, dias depois da destruição da 2ª basílica, decidiu-se construir outra, completamente diferente
O imperador Justiniano I, juntamente com o patriarca Eutíquio de Constantinopla, inauguraram a basílica de Santa Sofia em 27 de dezembro de 537 com pompa e circunstância.
Em 23 de fevereiro de 532, apenas alguns dias depois da destruição da segunda basílica, Justiniano I decidiu construir uma terceira, completamente diferente, maior e muito mais majestosa que as suas antecessoras.

Wikimedia Commons

Basílica de Santa Sofia foi construída no Império Otomano
Justiniano escolheu o médico Isidoro de Mileto e o matemático Antêmio de Trales como arquitetos, mas Antêmio morreu ainda no primeiro ano da empreitada. A construção foi descrita na obra "Sobre Edifícios" do historiador bizantino Procópio. O imperador mandou buscar materiais de construção de todo o império - colunas helênicas retiradas do Templo de Ártemis, em Éfeso - uma das Sete Maravilhas do Mundo - , grandes blocos de pórfiro de pedreiras no Egito, mármores verdes da Tessália, pedras negras do Bósforo e amarelos da Síria. Mais de 10 mil pessoas foram empregadas na construção. A nova igreja foi logo reconhecida como um grande feito de engenharia e arquitetura. Santa Sofia se tornou então a sede do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla e o local preferido para realização de cerimônias oficiais do Império Bizantino.
A Basílica de Santa Sofia, também conhecida como Hagia Sophia (Sagrada Sabedoria) é um imponente edifício construído entre 532 e 537 pelo Império Bizantino para ser a catedral de Constantinopla, atual Istambul, Turquia. De 1204 a 1261 foi convertida em catedral católica romana durante o Patriarcado Latino de Constantinopla que se seguiu ao saque da capital imperial pela Quarta Cruzada. O edifício foi uma mesquita entre 1453 e 1931, quando foi secularizada. Reabriu como museu em 1º de fevereiro de 1935. 
A igreja foi dedicada ao Logos, a segunda pessoa da Santíssima Trindade, com a festa de dedicação realizada em 25 de dezembro, data em que se comemora o Nascimento de Jesus, a encarnação do Logos em Cristo. Embora seja chamada de "Santa Sofia", como se fosse dedicada a Santa Sofia, sophia é a transliteração fonética em latim da palavra grega para "sabedoria".
Arquitetura
Famosa principalmente por sua enorme cúpula, é considerada o epítome da arquitetura bizantina e é tida como tendo "mudado a história da arquitetura." Foi a maior catedral do mundo por quase mil anos, até que a Catedral de Sevilha fosse completada em 1520.

Wikimedia Commons
A igreja continha uma grande coleção de relíquias e tinha, entre outras coisas, uma iconóstase de 15 metros de altura em prata. Era a sede do Patriarcado Ecumênico de Constantinopla e o ponto central da Igreja Ortodoxa por quase mil anos. Foi ali que o cardeal Humberto excomungou, em 1504, o patriarca Miguel I Cerulário, iniciando o Grande Cisma do Oriente, que perdura até hoje.

[Detalhe da cúpula da basílica]
Em 1453, Constantinopla foi conquistada pelo Império Otomano chefiado pelo sultão Mehmed II que em seguida ordenou que o edifício fosse convertido numa mesquita. Os sinos, o altar, a iconóstase e os vasos sagrados foram removidos e diversos mosaicos, cobertos por emplastro. Diversas características islâmicas, como o mihrab, o minbar e os quatro minaretes, foram adicionadas durante esse período. Permaneceu como mesquita até 1931, quando Kemal Ataturk ordenou que fosse secularizada. Permaneceu fechada ao público por quatro anos e reabriu em 1935 já como museu da recém-criada República da Turquia. Não obstante, os mosaicos coloridos remanesceram emplastrados na maior parte, e o edifício deteriorou-se.
Uma missão da Unesco em 1993 notou queda do emplastro, revestimentos de mármore sujos, janelas quebradas, pinturas decorativas danificadas pela umidade e falta de manutenção na ligação da telhadura. Desde então a limpeza, a telhadura e a restauração têm sido empreendidas. Os excepcionais mosaicos do assoalho e da parede que estavam cimentados desde 1453 estão sendo agora escavados gradualmente.
Fonte: Opera Mundi

segunda-feira, 26 de dezembro de 2016

Atlas Histórico do Brasil


O CPDOC/FGV acaba de lançar um Atlas Histórico  Brasileiro. O projeto é resultado de uma ampla atualização e modernização do “Atlas Histórico. Brasil 500 anos”, publicado em 1998 em formato de fascículos encartados na revista “Isto É” e em CD Rom, de autoria de Bernardo Joffily. A nova versão foi produzida em uma parceria entre Bernardo Joffily, responsável pela atualização e criação de novos mapas, Mariana Joffily, historiadora, idealizadora do projeto e uma equipe de pesquisadores, técnicos e assistentes do CPDOC, que também coordenou os trabalhos de atualização da obra ora apresentada. 
O Atlas abrange um longo período histórico, que vai desde antes do “descobrimento” do Brasil até os dias de hoje. Esta nova edição foi enriquecida com conteúdos textuais, fotográficos, sonoros e audiovisuais identificados, principalmente, no acervo histórico do próprio CPDOC, embora inclua também documentos localizados em outras instituições. Além do acervo histórico de CPDOC, levantaram-se dados no IBGE, no IPEA, na FUNAI e em outras instituições, visando à obtenção de elementos para enriquecer os dados, gráficos e mapas apresentados no Atlas. Clique aqui para conferir. 


quarta-feira, 21 de dezembro de 2016

Biblioteca de Nova York disponibiliza fotos inéditas do Brasil imperial

·  Ana Freitas 02 Fev 2016 (atualizado 02/Fev 16h42)
Acervo contém fotos e ilustrações que mostram cenas do cotidiano e personagens comuns do país entre os séculos 19 e 20
A Biblioteca Pública de Nova York digitalizou cerca de 180 mil imagens de seu acervo e disponibilizou fotos e ilustrações - algumas inéditas em plataforma digital - do Brasil na era imperial.
São imagens de livros antigos que mostram escravos, índios, soldados, fauna e flora, nobreza e algumas cenas do cotidiano das metrópoles do país nos séculos 19 e 20. Entre o material digitalizado estão fotos inéditas como essa de Dom Pedro II.
O arquivo conta com livros como The Negro in The World, publicado em 1910 pelo explorador inglês Sir Harry Johnston, e o Livro de Figurinos do Exército Imperial Brasileiro de 1866, compilado por um médico holandês e doado à biblioteca em 1911.
Outro livro digitalizado é o “Viagem Pitoresca e Histórica ao Brasil”, de Jean-Baptiste Debret, que chegou ao país com a Missão Francesa em 1816. Depois de uma estadia de 15 anos, o pintor e desenhista produziu uma das fontes mais relevantes de imagens sobre a fauna e a flora e a sociedade brasileira da época.
Para ver tudo o que está disponibilizado sobre o país, basta buscar pela palavra-chave “Brazil” no site do acervo digital da Biblioteca Pública de Nova York.
Fonte: Nexo

Calendário Acadêmico - História 2017


Janeiro
01 - Confraternização Universal
02 a 10 - Disciplina de Metodologia do Ensino Superior
03 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo I
04 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo II
05 e 06 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo III
09 e 10 - Reuniões pedagógicas nas Unidades Acadêmicas
11 - Início do período para protocolar pedidos de disciplina em concomitância, disciplina em regime especial de estudos e matrícula para convalidação de disciplina extinta
11 e 12 - Formação Pedagógica para professores UPF
11 a 19 - Período de rematrícula para os cursos de graduação em regime regular (conforme cronograma de cada curso)
19 - Início das férias docentes
23 - Início do período para ajuste de matrícula para os cursos de graduação

Fevereiro
15 - Início do período para protocolar pedido de aproveitamento de conhecimentos
17 - Término das férias docentes
20 - Curso de Iniciação à Universidade (Início do Módulo I - EAD)
20 - Início do período letivo para os cursos de graduação em regime regular – 2017/1
21 - Início do período de inscrições para o Programa de Auxílio Permanência ao Aluno ProUni UPF – 1º semestre
23 - Integração acadêmica – recepção aos calouros
25 - Término do período para protocolar pedidos de reopção de curso, de campus ou de turma e matrícula em disciplina isolada
27 e 28 - Carnaval – feriado

Março
01 - Início do período de inscrições para o Programa de Apoio Institucional a Discentes de Extensão e Assuntos Comunitários (Bolsa Paidex)
01 a 06 - Período de matrículas para os alunos dos cursos de pós-graduação lato sensu (especializações/MBAs)
03 - Término do período para ajuste de matrícula para os cursos de graduação
03 - Término do período para regularização de matrículas em situações especiais, pedidos de disciplina em concomitância e disciplina em regime especial de estudos e matrícula para convalidação de disciplina extinta
04 - Término do período para solicitar aproveitamento de estudos para ingressantes do vestibular 2017/1
06 a 17 - Período de matrículas nos programas de pós-graduação stricto sensu2017/1 (mestrado e doutorado)
08 - Aula Magna para os docentes da UPF
10 - Início das aulas para os alunos dos cursos de pós-graduação lato sensu (especializações/MBAs)
10 a 31 - Período de inscrições para provas de comprovação de competência em Língua Portuguesa, em Língua Estrangeira e em Informática Básica
11 - Término do período para protocolar pedido de aproveitamento de conhecimentos para alunos ingressantes do vestibular 2017/1
12 - Término do período de inscrições para o Programa de Auxílio Permanência ao Aluno ProUni UPF – 1º semestre
13 - Término do período de inscrições para o Programa de Apoio Institucional a Discentes de Extensão e Assuntos Comunitários (Bolsa Paidex)
20 - Curso de Iniciação à Universidade (Término do Módulo I - EAD)
21 - Aula Aberta do Curso de História e PPGH
22 - Curso de Iniciação à Universidade (Início do Módulo II)
27 - Início do período de inscrições para o Exame de Proficiência em Leitura em Língua Estrangeira 2017/1 (nível stricto sensu)
27 a 29 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo IV
28 - Início do período para postulação de formatura para 2017/1
29 - Dia do município de Soledade – feriado municipal

Abril
03 - Início das atividades do Programa de Apoio Institucional a Discentes de Extensão e Assuntos Comunitários (Bolsa Paidex)
04 - Reunião Colegiado Curso de História
08 - Realização das provas de comprovação de competência na Leitura de Textos em Língua Portuguesa, na Leitura de Textos em Língua Estrangeira e no Uso de Ferramentas Básicas de Informática
13 a 15 - Páscoa – feriado acadêmico
18 - Iniciação à Universidade (Término do Módulo II)
21 - Tiradentes – feriado nacional
24 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo V
28 - Término do período de inscrições para o Exame de Proficiência em Leitura em Língua Estrangeira 2017/1 (nível stricto sensu)
28 - Término do período para postulação de formatura para 2017/1

Maio
01 - Dia do trabalhador - feriado nacional
02 - Início da aplicação das provas de disciplinas em regime especial de estudos
02 a 31 - Período para efetivar a atualização da Bolsa ProUni
02 a 31 - Aditamento do Programa de Crédito Emergencial (PEC) e Plano de Apoio Estudantil (PAE) – 1º semestre
04 e 19 - Curso de Iniciação à Universidade (Módulo III)
06 - Dia do município de Palmeira das Missões – feriado municipal
10 - Dia do município de Lagoa Vermelha – feriado municipal
10 - Exame de Proficiência em Leitura em Língua Estrangeira – stricto sensu – 2017/1
12 - Término do período para protocolar pedido de aproveitamento de conhecimentos para alunos que não tenham ingressado em 2017/1
16 a 18 - VII Fórum Pró-Saúde
19 e 20 - I Fórum Sul-brasileiro de Institutos Históricos – Ferrovias: território, sociedade e memória
22 - Início do processo de autoavaliação dos cursos de graduação e dos alunos formandos (Avaliação Institucional)
23 e 25 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo VI
24 - VII Encontro de Professores e Estagiários dos Cursos de Licenciatura da UPF
25 - IX Seminário de Atualização Pedagógica para Professores da Educação Básica
23 - Aula aberta "Os 500 anos da Reforma Protestante", prof. Dr. Martin N. Dreher (Atividade vinculada ao II Colóquio do GTHRR/RS)


Junho
06 - 49 anos da criação da UPF (publicação do Decreto nº 62.835 no DOU de 06/06/68)
07 e 20 - Curso de Iniciação à Universidade (Módulo IV)
12 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo VII
13 - Dia de Santo Antônio – feriado municipal em Palmeira das Missões e em Sarandi
15 - Corpus Christi – feriado nacional
21 - Dia do padroeiro do município de Casca – feriado municipal
24 - Término do processo de autoavaliação dos cursos de graduação (Avaliação Institucional)
24 - Término das aulas para as disciplinas do diurno e do noturno
26 - Início dos exames para as disciplinas do diurno e do noturno
27 - Dia do município de Sarandi – feriado municipal

Julho
03 - Início do período para protocolar pedidos de reopção de curso, de campus ou de turma, aproveitamento de estudos e matrícula em disciplina isolada
03 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo VIII
04 - Reunião Colegiado Curso de História
12 - Início do período para protocolar pedido de disciplina em concomitância, disciplina em regime especial de estudos e matrícula para convalidação de disciplina extinta
12 a 20 - Período de rematrícula para os cursos de graduação em regime regular (conforme cronograma de cada curso)
21 - Término do período para protocolar pedidos de reopção de curso, de campus ou de turma e matrícula em disciplina isolada
24 - Início do período para ajuste de matrícula para os cursos de graduação
24 - Início do período letivo para os cursos de graduação em regime regular – 2017/2
24 - Início do período para protocolar pedido de aproveitamento de conhecimentos
25 - Início do período de inscrições para o Programa de Auxílio Permanência ao Aluno ProUni UPF – 2º semestre
27 - Integração acadêmica – recepção aos calouros
31 - Término do processo de autoavaliação dos alunos formandos dos cursos de graduação (Avaliação Institucional)
31 - Início do período de matrículas para os alunos dos cursos de pós-graduação lato sensu (especializações/MBAs)

Agosto
01 - Término do período de matrículas para os alunos dos cursos de pós-graduação lato sensu (especializações/MBAs)
01 a 31 - Mês Interno de Prevenção de Acidentes de Trabalho (MIPAT)
04 - Término do período para ajuste de matrícula para os cursos de graduação
04 - Término do período para regularização de matrículas em situações especiais e pedidos de disciplina em concomitância, disciplina em regime especial de estudos e matrícula para convalidação de disciplina extinta
04 - Início das aulas para os alunos dos cursos de pós-graduação lato sensu (especializações/MBAs)
04 - Exibição do 1º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
05 - Término do período para solicitar aproveitamento de estudos para ingressantes do vestibular 2017/2
07 a 18 - Período de matrículas nos programas de pós-graduação stricto sensu 2017/2 (mestrado e doutorado)
10 a 31 - Período de inscrições para as provas de comprovação de competência em Língua Portuguesa, em Língua Estrangeira e em Informática Básica
11 - Término do período para protocolar pedido de aproveitamento de conhecimentos para alunos ingressantes do vestibular 2017/2
07 a 11 - Semana do Patrimônio
11 - Exibição do 2º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
13 - Término do período de inscrições para o Programa de Auxílio Permanência ao Aluno ProUni UPF – 2º semestre
14  25 - Período de inscrições para atualização, ingresso, permanência no Quadro de Professor Pesquisador da UPF (QPP) para 2018
18 - Exibição do 3º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
18 - Dia do Historiador
21 - Início do período para postulação de formatura para 2017/2
21 - Início do período de inscrições para o Exame de Proficiência em Leitura em Língua Estrangeira 2017/2 (nível stricto sensu)
23 e 25 - Atualização de Práticas de Gestão na Educação Superior – Módulo IX
25 - Exibição do 4º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro

  
Setembro
01 - Início do período para solicitação de ingresso/permanência no Quadro de Professor Extensionista da UPF (QPEx) para o ano de 2018
01 - Exibição do 5º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
02 - Realização das provas de comprovação de competência na Leitura de Textos em Língua Portuguesa, na Leitura de Textos em Língua Estrangeira e no Uso de Ferramentas Básicas de Informática
07 - Independência do Brasil - feriado nacional
08 - Exibição do 6º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
15 - Exibição do 7º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
18 a 22 - X Ciclo de Cinema: o cinema revisto pela História
20 - Revolução Farroupilha – feriado estadual
22 - Término do período de inscrições para o Exame de Proficiência em Leitura em Língua Estrangeira 2017/2 (nível stricto sensu)
22 - Exibição do 8º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
27 - Aula Aberta do curso de História (Lançamento de Livros e Bate Papo com autores)
29 - Exibição do 9º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
30 - Término do período para postulação de formatura para 2017/2

Outubro
02 a 31 - Período para efetivar a atualização da Bolsa ProUni
02 a 31 - Aditamento do Programa de Crédito Emergencial (PEC) e Plano de Apoio Estudantil (PAE) – 2º semestre
02 - Início da aplicação das provas de disciplinas em regime especial de estudos
03 a 08 - 16ª Jornada Nacional de Literatura e 8ª Jornadinha Nacional de Literatura
04 - Exame de Proficiência em Leitura em Língua Estrangeira – stricto sensu – 2017/2
04 - 1º Encontro dos Munícipios Filhos de Passo Fundo – Academia Passofundense de Letras
06 - Exibição do 10º Programa Momento Patrimônio - Teatro Múcio de Castro
09 a 11 - Interação UPF
12 - Dia de Nossa Senhora Aparecida – feriado nacional
23 - Início do processo de autoavaliação dos cursos de graduação e dos alunos formandos (Avaliação Institucional)
23 a 27 - Semana Acadêmica de História
31 - Término do período para protocolar pedido de aproveitamento de conhecimentos para alunos que não tenham ingressado em 2017/2
31 - Término do período para solicitação de ingresso/permanência no Quadro de Professor Extensionista da UPF (QPEx) para o ano de 2018

Novembro
02 - Finados – feriado nacional
06 a 10 - IV Semana do Conhecimento (MIC/Mostra de Extensão)
15 - Proclamação da República – feriado nacional
25 - Término do processo de autoavaliação dos cursos de graduação (Avaliação Institucional)

Dezembro
01 - Início do período para protocolar pedidos de reopção de curso, de campus ou de turma, aproveitamento de estudos e matrícula em disciplina isolada
01 - Término das aulas para as disciplinas do diurno e do noturno
02 - Início dos exames para as disciplinas do diurno e do noturno
05 - Reunião Colegiado Curso de História
08 - Dia de Nossa Senhora da Conceição – feriado municipal em Passo Fundo
31 - Término do processo de autoavaliação dos alunos formandos dos cursos de graduação (Avaliação Institucional)